Yur Saiednac

Novos mundos... mundos novos... novos rumos...

Textos

MÃE...MÃEZINHA...
MÃE...
ser nobre e idolatrado
Amor forte e profundo
Capaz de vencer o mundo

Tua fé foi mensageira
Tua presença, sempre a primeira
Vontade firme, coragem pioneira
Teu amor se fez nossa bandeira

Á luz da tua experiência
Nosso ego amadureceu
Sob o manto da tua sapiência
Nosso agnosticismo esmaeceu
Tua vontade férrea e indômita  
Nos estimulou e fortaleceu

Anos e anos se passaram
Vagalhões e tempestades nos assaltaram
Obstáculos e vicissitudes nos atormentaram
Grilhões desumanos nos acorrentaram

Nas ondas revoltas
Do caminho
Nas sinuosas rotas
Do destino
Nos confortou
Teu carinho
Teu amor
Nos amparou

E agora, amarga verdade
DEUS, de nós te tomou
Pese em nós a saudade
ELE de ti se lembrou

Na SUA onisciente sabedoria
Teu sofrimento aplacou
E no frêmito de tua agonia
Em SEUS braços te tomou

Soam as trombetas nos CEUS
Regozijam nossas almas
Na companhia de DEUS
Repousas em águas calmas

Que seque pois nosso pranto
De tristeza e desencanto
Louvemos a DEUS em canto
Por te cobrir com seu manto

Hoje, no etéreo mar da serenidade
Majestosa, nova estrela brilhou
Com tamanha intensidade
Que o iridiscente sol ofuscou.

Qual ampla e inexorável nuvem
Pairará sobre nós, sublime e densa
Lembrando tua fugaz passagem
Para sempre saudade Imensa
Eterna tristeza, irreal imagem

Nostálgica recordação... Doce lembrança...

Para tão intenso brilho... Quão pouco de ti restará

ADEUS...querida MÃEZINHA...Até á eternidade

                                           FIM
                                                                          Yur Saiednac

Obrigado por apoiar um novato, dignando-se ler meu pobre trabalho.
Por favor, sem querer abusar de seu tempo, me ajude a melhorar. Comente e critique este trabalho. Me dê o seu parecer.
Muito obrigado.
Que o COSMOS derrame sobre si e sua família as maiores bençãos.
PAZ E AMOR NO UNIVERSO
                                      Yur Saiednac
Yur Saiednac
Enviado por Yur Saiednac em 15/11/2009
Alterado em 18/11/2009
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras