Yur Saiednac

Novos mundos... mundos novos... novos rumos...

Textos

SÚBDITA REVERENCIA
                Quisera eu, pobre mortal, ter o dom e o poder de vislumbrar além do horizonte, me sentir livre e ilimitado no universo, viajar no espaço temporal, visitar os planos paralelos, perscrutar os recônditos do Cosmos.
                Na impossibilidade de materializar tais sonhos, me reduzi á dimensão da minha humana insignificância e me limitei a cultivar minha sede de conhecimento de novos espaços, dentro do meu mundo real, condicionado pelas limitações impostas pela sociedade materialista do Planeta que habito.
               Na liberdade dos sonhos e dos pensamentos, busquei a quimérica vontade de me aventurar além das fronteiras do meu habitat natural e me espraiar em areias antes desconhecidas.
               Quisera eu poder merecer e atrair a dedicação e o empenho de homéricas musas e camonianas tágides inspiradoras da veia poética e então, para gáudio do cosmos e deleite vosso, dos que me lerdes, poder brindar-vos com os etéreos versos a que vossas iluminadas mentes fazem jus.  
               E assim, queridos amigos, aqui me tendes, tentando remar em águas desconhecidas, buscando novos mundos, mundos novos, novos rumos.
               E eis, pois, aqui, um novo aprendiz de escritor.
               Sejais vós piedosos ao me julgar no futuro.
                                          *
                        Que as diferenças se superem
                        Se unam as raças e as religiões
                        Que os preconceitos se dissipem
                        Se acabem as discriminações
                                         *

             QUE A PAZ REINE NO UNIVERSO
                                         E
                                             O AMOR EMANE DO SER HUMANO.    

                                         *
                                            FIM
                                                                          Yur Saiednac

Obrigado por apoiar um novato, dignando-se ler meu pobre trabalho.
Por favor, sem querer abusar de seu tempo, me ajude a melhorar. Comente e critique este trabalho. Me dê o seu parecer.
Muito obrigado.
Que o COSMOS derrame sobre si e sua família as maiores bençãos.
PAZ E AMOR NO UNIVERSO
                                      Yur Saiednac
Yur Saiednac
Enviado por Yur Saiednac em 16/11/2009
Alterado em 18/11/2009
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras